terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

BRIGADA MILITAR RECEBEU A VISITA DA REPRESENTANTE DA POLÍCIA DO JAPÃO



          A Brigada Militar recebeu na tarde de sexta-feira (10/2) a perita japonesa Hisami Ohashi, no litoral, que iniciou o acompanhamento do policiamento e das atividades das Bases Móveis Comunitárias nas praias gaúchas, na 47º Operação Golfinho. A visita ao Estado teve programação na sexta-feira (10/2) e sábado (11/2). 

             A policial japonesa, representante da polícia do Japão e perita de longo prazo no país, permanecerá por dois anos no Brasil, dentro do acordo de cooperação Brasil/Japão, que visa a difusão, atualização e troca de experiências em policiamento comunitário.

         Ohashi destacou que a iniciativa gaúcha das Bases Móveis Comunitárias “é muito parecida com ações da Polícia japonesa em grandes eventos”. Disse, ainda, que “a mobilidade é uma característica muito relevante em um país com as proporções territoriais como o Brasil, permitindo que a polícia seja deslocada para onde realmente se faz necessária, de acordo com as demandas que surgem e o planejamento dos Comandos”, completou.  

            Em Porto Alegre, a representante foi recepcionada pelo subcomandante-geral da Brigada Militar, o coronel Mário Yukio Ikeda. Já no litoral, o coronel Rogério Maciel da Silva, comandante regional de Policiamento Ostensivo fez a recepção da policial. Acompanhou a comitiva o gestor da Polícia Comunitária junto ao Estado-Maior da BM, major André Marcelo Ribeiro Machado. 

          Os Estados de São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul são modelos de Polícia Comunitária. As visitas entre os países não tem intenção de vistoria, pois não há subordinação entre as polícias. A manutenção do acordo ocorre através de troca de experiências, intercâmbio de gestores, seminários, cursos e visitas. 

        Governo Federal e Estadual são responsáveis por viabilizar a logística do acordo entre os países. 

Comunicação Social/EMBM
Texto: Sd Kelly e Sd Alvienes

Fotos: Sgt Luciano Evangelista